Pousada das Águias

O que temos? O que conhecemos? O que nos diferencia?

Aparentemente a demanda turística se define com conotações geográficas, entendendo que seja o número de pessoas que viaja ou que deseja viajar e desfrutar dos serviços de um determinado local. Entendendo que uma demanda turística consome um sistema complexo, movidos a características e fatores que influenciam na sua tomada de decisões, nos perguntamos em relação ao Turismo no Maranhão: O que temos? O que conhecemos? O que nos diferencia?

Segundo o Ministério do Turismo, a demanda turística é interpretada pela necessidade ou anseio de uso da prestação de serviços básicos. Não se trata de simples elementos ou de serviços específicos isoladamente, mas de uma composição de equipamentos, bens e serviços turísticos que se complementam entre si.

Sob esse olhar, conseguimos fortalecer a ideia de que o turista escolhe um destino pelo objetivo de suprir suas necessidades ligadas ao descanso, ao entretenimento, as experiências e vivências e sendo assim, somos levados a uma reflexão do cenário atual de produção turística do Maranhão.

Como está a nossa forma de organização para fins de gestão e mercado? Estamos levando em consideração elementos de identidade da oferta e características e variáveis da demanda? Estamos pensando de maneira sistêmica nos atrativos, na oferta, na demanda e no produto? O que podemos responder rapidamente é que temos um grande potencial em atrativos, com possibilidades de trabalhar segmentos diferenciados, mas, que ainda estamos muito aquém no quesito produto pronto para promoção e comercialização, se formos observar a composição entre atrativos, infraestrutura, serviços qualificados, operação profissional e preço.

Nossa diversidade é incontestável, mas, dentro dessa variedade precisamos encontrar a nossa singularidade para que tenhamos assim a nossa referência e um parâmetro de comparação, como: O que nos diferencia em relação a que?
Para que um negócio tenha sucesso é importante que todos os atores envolvidos entendam qual o coração e a alma do negócio, que ampliem a mente e enxerguem as mudanças e inovações da sociedade criativa do momento, que trabalhem com sustentabilidade, que tenham inteligência coletiva e compartilhada e em especial que desenvolvam o espírito agregador.

Me pergunto….Estamos preparados para isso?

Turismo
Renata é autora de vários artigos.

Renata Costa

Turismóloga, Especialista em Marketing , Especialista em Gestão de Pessoas, Coach

    1 Comment

  1. Renata Costa
    31/07/2017
    Comentar

    Gratidao ao casal que investe porque acredita no nosso Turismo e no Maranhao.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *